Peixes Ornamentais em Aquário
Agosto '99

 A Era de Aquários > Seus Aquários Mês Anterior | Mês Seguinte 

Fotos e Descrições

reclos1.jpg (27kb)

Agosto '99 - Plantado de Mbunas de 500L do George.

O aquário deste mês é uma verdadeira jóia rara: um aquário de mbunas bem plantado. Eu nem sabia que tal montagem era possível, até que o aquarista grego George J. Reclos submeteu estas belas imagens para mim! Devido à extrema incompatibilidade dos requerimentos de mbunas (nome africano para os ciclídeos dos lagos rochosos), e a maioria das plantas, mais ao fato de que estes peixes prontamente abocanham qualquer forma de vida baseada em carbono, se você me perguntasse há alguns meses eu jamais recomendaria uma montagem assim. Mas de agora em diante eu certamente vou direcionar para esta página, e para o belo Site de Aquarismo do George, onde mais fotos e informações podem ser encontradas sobre esta montagem e outras.

O aquário tem 500 litros (150x50x65 cm). É filtrado por dois filtros externos tipo cannister e dois filtros internos tipo esponja (total 3600 L/h), e iluminado por 7x40 W fluorescentes de diversas marcas e cores. Ele também tem um sistema injetor de CO2, cascalho enriquecido e monitoramento contínuo de pH. Valores típicos dos parâmetros da água são Temp 26-30C, pH 8.3, GH 10 e KH 14. A rotina de manutenção inclui trocas de 50% toda semana, e aditivos regulares como fertilizantes líquidos, sal marinho, bicarbonato de sódio e outros. Dentre as espécies de peixes estão Melanochromis auratus, Melanochromis chipokae, Melanochromis johanni, Metriaclima lombardoi, Cynotilapia mbamba, Labidochromis caeruleus, Choirorynchus acanthopsis e Pterigoplichtys multiradiatus.

Aqui vão alguns comentários importantes do George para quem quiser tentar uma montagem dessas:
"Eu acho que o melhor conselho para este tipo de tanque seria tomar conta dos peixes e não das plantas - esta é a regra número um e deve ser seguida rigorosamente. Eu faço as minhas injeções de CO2 de olho no medidor de pH. O pH inicial é 8.2, o KH do tanque é 14 (o que implica em uma grande capacidade de dissolver CO2 sem alterar dramaticamente o pH) e eu paro quando o pH cai abaixo de 7,6 ao longo de um período de 4 horas. Aí eu paro a injeção de CO2 e deixo o pH voltar para 8.2 (o que leva mais umas 8 horas). Este é o ciclo diário normal. Eu sempre mantenho aeração forte com os filtros internos apontando a saída para a superfície, mesmo durante a injeção de CO2."

"Quando eu primeiro montei este tanque eu usei uma mistura de teralita/cascalho 1:3. Eu usei pastilhas fertilizantes, enterradas no cascalho perto das raízes, pelos primeiros 6 meses e depois parei. As plantas não resplandecem. Elas têm um crescimento constante que é suficiente para compensar o consumo de folhas pelos mbunas. Quando alimentados corretamente, os mbunas devem ser regularmente submetidos a jejuns para se manterem ativos, procriar e mostrar as suas lindas cores. A rotina de alimentação recomendada é dia sim, dia não. Isto significa que em um dia de jejum, quase todos os mbunas vão atacar algas e plantas. Eles comem Egeria densa (exceto a parte de cima, que é regularmente replantada quando o resto é consumido), comem as plantas Amazonenses, Vallisneria gigantea, e Hygrophila corymbosa (que cresce bem mais rápido do que os mbunas conseguem consumir). Eles até beliscam na anubias (mas muito menos que nas outras). As únicas plantas que eles não atacam são as cryptocorines e a nymphaea lotus."

"Para que uma montagem assim fique esteticamente agradável e segura para os peixes, deve-se gastar muito mais tempo nela do que em um tanque normal. Você tem que remover folhas comidas pelo menos 2 vezes por semana e limpar as entradas dos filtros a cada 2 dias. Filtragem forte é essencial (pelo menos 5 vezes o volume d'água por hora) e uma filtragem biológica bem estabelecida é de suma importância. Todas as plantas devem ser plantadas em potes (se possível) ou então bem fixadas com pedras, grandes o suficiente para não serem mexidas por mbunas. É até melhor criar "potes de pedra" e preenchê-los com cascalho e o que mais quiser (teralita, laterita, etc) e depois colocar a planta. É uma boa idéia decorar o seu aquário bem antes de acrescentar os peixes. Se você der um tempo para as plantas se estabelecerem vale a pena porque o crescimento delas será suficiente para compensar a alimentação. Outro ponto é usar plantas de crescimento rápido, capazes de crescer (não resplandecer) em um pH em torno de 8,0 e GH em torno de 10. A exceção é a anubias que não é comida e portanto cresce em paz."

Se você quiser fazer uma submissão para Aquário do Mês, contate-me.

reclos2.jpg (18kb)
Lombardoi Macho.

reclos3.jpg (15kb)
Lombardoi Fêmea.

Fotos tiradas por George J. Reclos e mostradas aqui com a sua permissão.




oF <=> oC in <=> cm G <=> L