Peixes Ornamentais em Aquário
Janeiro '02

 A Era de Aquários > Seus Aquários Mês Anterior | Mês Seguinte 

Fotos e Descrições

Janeiro '02 - "Zoom Out!"

Provavelmente a maneira mais comum das pessoas começarem no hobby é com um aquarinho colocado em cima de alguma mesa, bancada ou prateleira. Dalí, alguns aquaristas evoluem na direção "peixe sobre aquário", tornando-se habilidosos reprodutores de várias espécies diferentes ou especializando numa só, e criando grandes e complexos "fishrooms" onde cada tanque é essencialmente um recipiente mais prático possível para o objetivo final, que é o peixe. Outros aquaristas evoluem na direção "aquário sobre peixe", tornando-se habilidosos criadores de espetaculares aquários decorativos onde o peixe é apenas um de vários ítens importantes na composição como um todo. Obviamente, esta seção enfoca este segundo tipo de aquarismo, mas até agora ela esteve essencialmente preocupada com o paisagismo aquático, ou seja, o que acontece dentro do tanque. Então para este mês vamos incluir um outro aspecto muito importante numa composição, isto é, o que acontece do lado de fora do tanque e como ele se integra com os seus arredores. Aqui estão alguns belos exemplos...

zolasse1.jpg (16kb)

Aquário-Móvel do Lasse Christiansen (Dinamarca)

O "aquário-móvel" é uma das escolhas mais comuns, por razões óbvias. Com o vidro ou acrílico colocado entre um móvel de madeira, metal ou plástico e uma tampa combinando, este tipo de aquário tem a vantagem de ser uma peça decorativa totalmente independente, que pode ser colocado onde o dono achar melhor, e movido com relativa facilidade se necessário. Como a maioria das pessoas que reolvem ter um aquário já vivem em uma casa mobiliada, o aquário-móvel é o tipo que mais facilmente se integra a qualquer aposento. O típico formato é um tanque longo e retangular colocado contra uma parede, que pode ser visto por 2 ou 3 lados. Nesta configuração você pode esconder o equipamento e a fiação atrás do aquário, deixando apenas uma composição limpa e atraente para ser apreciada por você e seus visitantes, como o belo aquário de ciclídeos do Lasse acima. Com algumas modificações, um aquário-móvel pode ter o seu comprimento maior colocado perpendicular a uma parede em vez de paralelo, e tornar-se um ótimo divisor de ambientes, visível por 3 ou 4 lados. Um aquário-móvel não impõe nenhuma restrição extra naquilo que irá dentro dele...todos os guias padrões de aquarismo se aplicam a ele.

zosergey2.jpg (20kb)

Aquário de Canto do Sergei Chesheiko (Rússia)

Em praticamente qualquer casa, sempre haverá pelo menos um aposento com pelo menos um cantinho desocupado...um espaço vazio que, para um bom entusiasta, é uma perfeita desculpa para montar mais um aquário! Mas justiça seja feita, seja você um aquarista de carteirinha, ou apenas tem algum interesse em aquarismo, poucas coisas ficam melhor em um canto desses do que um aquário decorativo bem montado. Um aquário de canto pode ser abordado quase da mesma maneira que um aquário-móvel. A principal diferença será geralmente o formato, que neste caso fica melhor quando feito triangular, trapezoidal, pentagonal, ou hexagonal. Estas formas incomuns permitem um paisagismo igualmente incomum, que apesar do desafio maior pode gerar resultados realmente impressionantes. A criação do Sergei vai até além deste conceito, na verdade ela é um "aquário plantado aberto embutido de canto", plenamente integrado com a estante adjacente. Uma restrição pequena porém relevante para se ter em mente é que este tipo de aquário tende a ser "mais alto" que os padrões (levando-se em conta a relação entre o comprimento e a altura), e consequentemente deve abrigar uma população total relativamente menor. Mais ainda, devido ao menor espaço horizontal para natação, você deve evitar peixes rápidos e excessivamente ativos (geralmente aqueles com forma de torpedo) que podem acabar batendo os "narizes" contra os vidros ou até mesmo pular fora do aquário se puderem. À parte disso, aquários de canto são uma alternativa muito atraente e recompensadora aos retangulares "padrões".

zomoxy1.jpg (23kb)

Aquário Embutido do Todd Negladuik (EUA)

Aquários embutidos são montagens muito elegantes, que habitam os sonhos de quase todos que curtem o aquarismo como hobby. Porém é um sonho que não se realiza com muita frequência, porque neste caso é necessário um esforço muito maior no planejamento ou reforma da sua localização final. Um aquário embutido é normalmente encaixado diretamente numa parede, num bar, num rack de TV ou numa estante, e torna-se uma parte integral da casa nova ou existente, com essencialmente nenhuma mobilidade. Embora a criativa solução do Todd acima tenha feito a sua composição de estante funcionar praticamente como um aquário-móvel, na maioria dos casos o dono enfrenta sérias restrições quanto às dimensões, colocação de equipamento, e acessibilidade geral a diferentes partes da montagem para manutenção de rotina ou excepcional. Como consequência, algumas limitações acabam sendo impostas dentro do tanque (carga de peixes menor, peixes e plantas menos exigentes, perda de espaço para filtros internos, etc) para compensar pelas restrições externas. Mas, como já mencionado, com uma boa dose de planejamento, criatividade e adaptações caseiras, alguns aquaristas conseguem produzir montagens realmente incríveis, sem comprometer demais a praticidade e a longevidade.

zosergey1.jpg (17kb)

Aquário-Mesa do Sergei Chesheiko (Rússia)

Um aquário-mesa é uma peça de decoração muito rara e exótica, que causa um grande sensação em quem o vê. Mas é um exemplo extremo da decoração prevelecendo sobre o hobby, já que é praticamente impossível tirar vantagem do pleno potencial que um aquário padrão de tamanho equivalente poderia oferecer. Muitas questões têm que ser abordadas antes de se mergulhar nesta escolha: como fornecer energia, aquecimento e iluminação; como esconder o equipamento, acessar o interior, fazer trocas d'água, e assim por diante. O Sergei escolheu a rota de uma configuração de baixa tecnologia e baixa manutenção, para evitar muitas dessas questões: um tanque de Kinguios escassamente populado, com plantas plásticas, que requer pouca ou nenhuma iluminação, aquecimento ou filtragem, essencialmente nenhum controle da água, e pode ser mantido quase exclusivamente com trocas d'água parciais. Não é o aquário dos sonhos para o aquarista aficcionado, mas definitivamente uma atração em qualquer casa!

Se você quiser fazer uma submissão para Aquário do Mês, contate-me.

Fotos tiradas por seus respectivos autores, e mostradas aqui com a sua permissão.




oF <=> oC in <=> cm G <=> L