Peixes Ornamentais em Aquário
Outubro '01

 A Era de Aquários > Seus Aquários Mês Anterior | Mês Seguinte 

Fotos e Descrições

branq1.jpg (48kb)

Outubro '01 - Aquário Plantado de Discos do João Branquinho.

Assim que esta seção começou a ficar popular, eu me tornei consciente da influência que ela tinha em ajudar outras pessoas a fazerem escolhas para as sua próprias montagens. Esta é uma responsabilidade e tanto, e por isso eu passei a ser muito mais crítico ao selecionar as montagens que eu colocaria como "exemplares" para os outros. Um fator muito importante que eu tento levar em consideração quando escolho as montagens é se o tamanho do tanque é compatível com as espécies que estão sendo mantidas nele. Para esse mês, estou abrindo uma pequena excessão por duas razões: primeiro porque a "incompatibilidade" não é tão grave, e segundo porque ela me dá a oportunidade de falar sobre o assunto mais uma vez. O aquário de outubro é um lindo plantado de Discos criado pelo aquarista português João Branquinho. Qualquer um que olhar para a foto acima vai concordar que o arranjo das plantas, o fundo e a decoração estão muito bem feitos, e que os peixes parecem muito saudáveis e felizes no aquário. No entanto, estes Discos são todos espécimes jovens e pequenos. Em cerca de um ano, cada um deles vai estar com o dobro da altura, e o dobro do comprimento que eles estão. Olhando para a foto de novo e imaginando eles neste tamanho adulto, você deverá perceber que este tanque não é grande o suficiente para 5 deles, especialmente considerando que os Discos são Ciclídeos e, embora tenham temperamento muito mais dócil que a maioria desta família, ainda sim demonstram comportamento territorial.

branq2.jpg (28kb) A objeção mais comum colocada por aquaristas que são alertados ao fato de que os seus tanques são pequenos demais para os peixes é "Mas eles ainda são pequenos!". Este é de fato um argumento válido em alguns casos, mas ele automaticamente implica em uma natureza "temporária" à montagem que os donos parecem relutantes em aceitar. Obviamente, os peixes não vão continuar pequenos (apesar de muitos maus lojistas tentarem nos convencer deste mito, os peixes NÃO crescem de acordo com o tamanho do aquário!), portanto se você realmente se importa com o seu peixe como um animal de estimação você deve estar preocupado com bem-estar deles até a idade adulta e além. À medida que um peixe cresce e começa a se sentir confinado demais no seu aquário atual, ele inevitavelmente passa a manifestar todo tipo de problemas como stress, pânico, irritabilidade, agressividade, descoloração, e perda geral de saúde que resulta em maior propensão a doenças e encurtamento da sua expectativa de vida. Dependendo do tamanho do tanque, do tamanho adulto da espécie, do seu ritmo de crescimento, da sua rotina de alimentação, e de alguns outros fatores, você poderá estar enfrentando este problema após apenas algumas semanas (ex: Oscars em um aqua de 50 L) até no máximo 1 ou 2 anos (que deverá ser o caso do aqua deste mês).

branq3.jpg (31kb) Então, chega um momento quando você inevitavelmente terá que tomar uma decisão sobre o destino dos seus peixes em crescimento. A solução óbvia e mais desejada é montar um aquário novo e maior, que espera-se poder acomodá-los para o resto das suas vidas. Mas nem todo mundo tem o espaço físico, o tempo e os recursos para montar múltiplos aquários. apesar de assim desejarem. Todas as outras soluções envolvem desfazer-se de um animal que você criou desde pequeno e com quem você criou laços, algo que muitas pessoas não se dão conta no começo. Você pode dar/vender/trocar com um colega criador - o que é bom porque você ainda poderá ver o peixe no futuro, ou pode dar/vender/trocar com a sua loja de aquarismo local - muitas (mas não todas) irão topar algum tipo de negócio. Porém, considerando que a maioria dos peixes comumente vendidos levam cerca de um ano para amadurecerem, e então podem facilmente viver 3 a 10 anos ou mais como adultos, você pode ver que esta fase inicial de crescimento/amadurecimento é na verdade a menor e menos importante parte da criação de peixes, e se você está apenas mantendo peixes por cerca de um ano, está perdendo os períodos mais interessantes da vida deles, quando passam a mostrar suas verdadeiras cores, formas e comportamentos! Finalmente, existem duas coisas que você absolutamente NÃO deve fazer quando os peixes começam a crescer demais para o seu aquário: uma delas é "deixar como está pra ver como fica", na esperança que o problema se resolva por si só. Ele não vai. Segundo, você não deve em hipótese nenhuma soltar um peixe de aquário na natureza! Você estará arriscando comprometer o ecossistema inteiro de um rio ou lago fazendo isso, e existem vários casos conhecidos onde isso de fato aconteceu.

branq4.jpg (29kb) Muito bem! Agora que eu expressei todas as minhas preocupações com a questão de compatibilidade de tamanhos, vamos relaxar e curtir um pouco mais da bela montagem que temos em mãos. Aqui estão as especificações básicas do aquário deste mês, outras informações e fotos podem ser vistas no site do dono - Aquariofilia em Português. Se ela fosse suficientemente maior (digamos 200 L, idealmente 300 L) esta montagem seria perfeita!

Data da Montagem: 15 de Janeiro de 2000
Volume: 120 litros
Dimensões: 100x30x40 cm
pH: 6.5
Temperatura: 29°C
Iluminação: 2x30 W (Aqua-Glo e Fluora), ligadas durante 12 horas (11:00 - 23:00).
Filtragem: Eheim 2224 Canister Filter (750 L/h) com um pre-filtro Fluval e rocha vulcânica, mais um FBF com uma bomba submersa AquaClear 301 (540 L/h).
Manutenção: troca d'água de 25% a cada 2 dias, com remoção de matéria orgânica solta ou em decomposição.
Fertilização: Injeção de CO2 caseira, 4 barra de ferro pequenas embaixo de 29 kg de cacalho natural fino, tabletes ricos em ferro para as raízes a cada 2 meses.
População: 5 Discos, mais algumas outras espécies compatíveis como Neons Negros, Coridoras Bronze, Cobrinhas Kuhli e um Acari Zebra.
Plantas: Musgo de Java, Valisnérias, Anubias barteri, Anubias barteri var. nana, Anubias Coffeefolia, Amazonenses, Aponogeton crispus, Lentilha d'água, Lótus Tigre, Lótus Tigre vermelha, Riccia, Marsilea crenata, Aponogeton madagascarensis, Salvinia natans, Cryptocoryne blassii, Cryptocoryne parva, Hygrophila 'Rosanervig'.

Se você quiser fazer uma submissão para Aquário do Mês, contate-me.

Fotos tiradas por João Branquinho e mostradas aqui com a sua permissão.




oF <=> oC in <=> cm G <=> L