Peixes Ornamentais em Aquário

Microsorum pteropus 'Windelov'
Samambaia Windelov

 A Era de Aquários > Plantas de Aquário

Fotos & Comentários

windelov1.jpg (22kb)
Fotografia: Raquel e Marcos

Nome: Microsorum pteropus 'Windelov'
Origem: Doméstica

Cuidado Cascalho Iluminação
Fácil Nenhum Fraca

Comentário

Esta espécie pode ser considerada um 'troféu' para qualquer colecionador de plantas aquáticas. Ela leva o nome do próprio fundador da Tropica Aquarium Plants, uma das mais respeitadas fornecedoras de plantas de aquário para o mundo todo. Esta espécie é inclusive patenteada, o que significa que legalmente a Tropica tem direitos exclusivos sobre a propagação e distribuição dela. A planta é uma Samambaia de Java modificada, apresentando pontas tri-furcadas em cada folha, o que lhe dá um aspecto de arbusto denso muito bonito à medida que cresce. Ela também parece ser um pouco menor que a espécie original, podendo ser usada como peça decorativa do meio para a frente do aquário. Estas mudanças em nada afetaram a resistência da espécie, ela é pouco exigente e muito fácil de manter assim como a Samambaia de Java original, incluindo a vantagem de não ser molestada por peixes herbívoros. Também deve ser colocada sobre troncos e pedras, com as raízes soltas na água.

Contribuído por Marcos Avila
Comentário

Esta linda espécie faz parte da flora do meu aquário de 54 L. Forte e resistente foi a única que resistiu a uma mudança repentina na água (de causa desconhecida) enquanto todas as outras morreram ("snif"). Há bastante tempo que a tenho e as suas folhas continuam alegres e verdes. Não exigindo muitos cuidados, aconselho uma em todos os aquários.

Contribuído por Francisco Mendes
Comentário

Ganhei de um lojista amigo meu uma mudinha dessa planta. Tenho um aquário de 112 L, há pouco menos de 2 meses, com a injeção de CO2. Consegui tirar duas mudas novas. Amarrei-as num tronco, resumindo: muito fácil a manutenção e ela por si própria cria um espetáculo à parte.

Contribuído por Sander Sartori
Comentário

Como todos já disseram, esta é uma planta muito resistente, de rápida adaptação e se multiplica incrivelmente rápido. Eu a mantenho amarrada a troncos com linha de pesca, o que dá ao tanque um efeito bastante selvagem, pois suas raízes ficam penduradas dando a impressão de cipós. A ponta das folhas estão sempre gerando novas mudas, a início como um minúsculo nozinho da raíz, depois as folhas surgem e se desenvolvem rapidamente. Mais uma vez a planta surpreende com o efeito de suas várias mudas enroladas nas folhas-mãe deixando suas raízes soltas. Com cerca de 2 meses já é possível desprender as mudas das folhas-mãe e amarrar ao tronco.

Com forte iluminação (0,5-1,0 W/L; 6000 K para cima) e injeção de CO2, a planta se se multiplica como uma praga, não só em mudas mas também em folhas e a qualidade de suas folhas melhora na cor e no formato (suas derivações das extremidades ficam maiores e bem formadas).

Cuidado ao sifonar muito perto das folhas com mudas, elas se soltam facilmente e depois o obrigará a deixar a muda solta no tanque, o que arruinará seu efeito e a mudinha ficará solta pelo tanque de forma que provavelmente se fixará em uma outra planta qualquer ou outro lugar que não seja o ideal.

Contribuído por Eduardo Fonseca Jr

Tem alguma experiência para partilhar nesta página? Não precisa registrar-se para contribuir! Sua privacidade é respeitada: seu e-mail é publicado somente se quiser. Todas as submissões são revisadas antes da adição. Escreva sobre suas experiências pessoais, sem abreviações, sem linguagem de chat, usando pontuação e capitalização padrão. Pronto? Então envie seus comentários!




oF <=> oC in <=> cm G <=> L