Peixes Ornamentais em Aquário

Mikrogeophagus ramirezi
Ramirezi (Azul, Ouro, etc...)

 A Era de Aquários > Peixes de Aquário > Ramirezi - Papiliochromis ramirezi

Fotos & Comentários

Mikrogeophagus_ramirezi_7.jpg (19kb)
Photo Credit: Pete Harcoff
Comentário

Eu também tive Ramirezis até há alguns meses atrás. Tinha apenas dois machos já há seis meses, mas um deles era um verdadeiro Imperador do aquário. Constantemente batia não só no outro da sua espécie, como em todos os outros peixes do aquário: Neons, Pristellas, Corys e até em Ancistrus. Nem os pobres Agamixis, couraçados e possuidores de espinhos, escapavam. Há coisa de dois meses atrás, o tal Imperador matou o seu rival Ramirezi, batendo-lhe vezes incontáveis numa ferida que possuia. O Ramirezi não aguentou e morreu. Alguns dias mais tarde decidi arranjar 4 casais de Discus e em duas horas tive que retirar o Imperador para um aquário à parte para que este não matasse nenhum Disco. Ainda está vivo e de boa saude.

Contribuído por Neo Samael
Comentário

Comprei há algum tempo dois Ramirezis, um comum e um ouro. Mal foram colocados no aquário e o ouro já se achava o rei do pedaço, perseguindo e atormentando o comum, que deixou até de comer, passando o tempo escondido entre as folhagens. Perdeu até a cor, ficando quase branco e sem listras. Levei o Ramirezi ouro até a loja e o troquei por outro igual, imaginando que resolveria o problema. De volta ao aquário, para minha surpresa, o Ramirezi comum, já com suas cores e confiança recuperadas, passou a perseguir o Ouro novato. Optei por manter o Ramirezi comum e devolvi o outro à loja. Creio que em um aquário pequeno (no meu caso, 35 litros), estes peixes não convivam bem com os da mesma espécie. De qualquer modo, são lindos quando bem adaptados ao ambiente, principalmente quando abrem as barbatanas. Vivem no meio do aquário e aceitam bem ração (Tetra Delica Minibits, comendo inclusive a que cai entre o cascalho) e artêmia viva. Não incomodam outros peixes, mesmo os mais dóceis como guppys e neons. Se tiver oportunidade, não deixe de comprar um destes, pois dão um ar exótico a qualquer aquário.

Contribuído por José Luiz Garcia
Comentário

Consegui reproduzir alguns Ramirezis em minha casa. Além de manter o pH e a temperatura da água, simulei chuva despejando água sobre minhas mãos por cima do aquário. O interessante é que estes se reproduziram sem que eu esperasse, em um aquário comunitário.

Contribuído por Angelo Beguito
Comentário

Tenho 8 num aquário de 220 litros com um pH de 6,4 e uma temperatura de 28°C. Recentemente fiz uma mudança radical de aquário onde coloquei 50% de água da torneira (devidamente tratada e pré-aquecida). Os meus Ramirezi foram os únicos peixes que não se incomodaram com esta mudança, nunca deixando de comer ou nunca se escondendo. Realmenta são uns peixes maravilhosos.

Contribuído por Paulo Machiné
Comentário

Comprei o meu Ramirezi há quase um ano e nunca tive problemas com ele. É altamente colorido e comeu sempre de tudo, flocos e larvas de mosquito vermelhas (o que eu aconselho não só porque alimenta bem como também torna mais intensa a coloração), aguentou-se ao pH de 6 e nunca ninguém o chateia, nem mesmo os meus Tricógasters prata. Há quem diga que o sexo é díficil de saber, mas por minha opinião nem por isso, os machos têm os primeiros raios da barbatana dorsal longos e pretos. Em resumo, é uma beleza dum peixe.

Contribuído por Luis Janardo
Comentário

Tenho 2 Ramirezi em um aquário de 40 L. Eles convivem bem com outras espécies, porém há um deles que agride constantemente o outro, tendo inclusive lhe arrancado uma nadadeira. Com os outros peixes este dominador tentou um ataque apenas contra o meu acará (o dobro do tamanho) e o acará reagiu com bastante força, o que fez com que ele não tentasse mais nada com outras espécies. É um peixe muito bonito, permanece sempre no fundo do aquário, e consegui bons resultados em termos de cores em um aquário plantado, com cascalho de rio no fundo, pH 6.9 temperatura 25°C e dois filtros internos de carvão ativado, lã e cerâmica, porém recomendo a criação em aquários maiores, pois aparentemente são bastante territorialistas.

Contribuído por Leo Terra



 Páginas:  1  | 2  | 3 

oF <=> oC in <=> cm G <=> L