Peixes Ornamentais em Aquário

Hyphessobrycon megalopterus
Tetra Fantasma Negro, Black Phantom

 A Era de Aquários > Peixes de Aquário > Tetra Fantasma Negro - Hyphessobrycon megalopterus

Fotos & Comentários

Hyphessobrycon_megalopterus_1.jpg (32kb)
Fotografia: Cinthia Emerich

Nome: Hyphessobrycon megalopterus
Comp AquapHTemp
Origem: Brasil
4 cm 40 L 6.5 25°C

Comentário

Este tetrinha encantador é originário da América do Sul, mais precisamente do alto da bacia do Paraguai e rio Guaporé. Por seu tamanho relativamente pequeno - 4 cm - é um ótimo peixe para se manter. Vive em cardumes e um pH de ácido a neutro, ficando melhor em águas mais ácidas como 6.4 - 6.6. É um peixe de águas um pouco mais quentes, então devem ser mantidos de preferência entre 24 e 28°C e águas mais moles.

A alimentação é onívora, aceita de tudo, mas se quiser incentivar a reprodução e manter seus tetras saudáveis e com belas cores é recomendado oferecer alimentos vivos ao menos uma vez na semana. Na natureza se alimentam mais de vermes, larvas de mosquito, pequenos insetos e crustáceos.

O macho é muito mais escuro que a fêmea, apresenta a nadadeira dorsal maior, todas as nadadeiras são negras e o ventre é retilíneo. A fêmea possui coloração mais clara, nadadeiras anal, ventral, peitoral e adiposa vermelhas e ventre roliço.

Quanto ao comportamento, são peixes territoriais apenas com outros da mesma espécie ou formato e coloração parecidos. Em aquários comunitários dificilmente chegam a atacar / estressar outros peixes. O mais comum é ver os machos disputando entre si a hierarquia do grupo.

Na parte que diz respeito à reprodução são ovíparos, sendo considerados disseminadores livres, pois a fêmea libera os ovos na água e o macho nada em volta fertilizando-os. Os ovos eclodem em 48 - 72 horas quando mantidos em temperatura mais alta, após dois ou três dias da eclosão os alevinos já consumiram o conteúdo do saco vitelino e começam a nadar. Não ocorre o cuidado parental entre os peixes desta espécie, a partir do momento em que os filhotes apresentam nado livre pode-se dar rações específicas para alevinos de ovíparos e alimentos vivos como náuplios de artêmia. Conforme os filhotes forem crescendo alimentos vivos maiores podem ser oferecidos. Recomenda-se usar filtro interno de espuma ou então colocar perlon na entrada de água do filtro externo para evitar sugar os filhotes quando em aquários próprios para reprodução.

Por serem de cardume, os Black Phantom não devem ser mantidos em grupos com menos que 5 indivíduos. Quanto maior o cardume, mais natural o seu comportamento. As disputas por território ou fêmeas são magníficas de se ver, os machos (geralmente os maiores) ficam todos armados como os machos de Betta fazem, exibem suas cores e nadadeiras no máximo esplendor possível. As fêmeas também apresentam cores bem fortes em época de reprodução e não são nem um pouco tímidas, escolhem um macho e ficam se exibindo para ele por horas a fio. Possuo um cardume de 10 machos e 2 fêmeas em um aquário só para eles, o comportamento é incrível, formam cardumes coesos e nadam o tempo todo pelo aquário inspecionando cada centímetro do território. Definitivamente são ótimos peixes para plantados.

Contribuído por Cinthia Emerich
Comentário

O Tetra Black Phantom (Fantasma Negro) é um caracídeo muito elegante, que também é pequeno, pacífico e fácil de manter. Seu comportamento é bastante semelhante ao de outros tetras, mas uma característica interessante dos Black Phantoms é a diferença significativa entre machos e fêmeas. Enquanto o macho adulto tem nadadeiras muito longas, distintas e cores negras, a fêmea é avermelhada com manchas pretas e pode facilmente ser confundida com outras espécies como o Matogrosso. Este é um peixe muito divertido de se criar e reproduzir.

Contribuído por Marcos Avila
Comentário

Tenho dois casais, sendo as fêmeas realmente avermelhadas conforme o comentário acima. São ativos e, fora pequenas perseguições ocasionais aos tetras fantasmas vermelhos (que ainda estão num tamanho menor) não são agressivos com os outros habitantes. Recomendo para quem gosta de caracídeos.

Contribuído por João Metelo
Comentário

Possuo três casais deste tipo de tetras. Formam uma comunidade muito calma, contudo por vezes entre os machos posso observar definições territoriais dentro do aquário, ou mesmo a imposição de um líder. Ainda não consegui reproduzir mas espero em breve que eles se dêem ao trabalho.

Contribuído por Ricardo Curto
Comentário

Já possui vários exemplares. São excelentes para iniciantes, pois não incomodam nenhum peixe. O único cuidado que se deve ter é comprar todos de tamanho único, para não haver mortes. Os tetras em geral tem brincadeiras um pouco maldosas, que no caso é correr um atrás do outro e às vezes morder, o que pode causar a morte se houve um grande diferença de tamanho.

Contribuído por Manuel Arthur
Comentário

Tenho um pequeno cardume desse belo peixe com 9 exemplares. Assim que os coloquei no aquário estavam um tanto sem cor, depois de 3 ou 4 dias os machos apresentavam sua cor natural como na foto acima, podendo ficar até mais escuro. Durante o dia eles se espalham pelo aquário como se cada macho tivesse o seu território gerando pequenas disputas com outros machos e durante a noite eles se agrupam para dormir. Às vezes eles dão uns beliscões no bandeira que está junto com eles, mas nada que chegue a machucá-lo. Quanto à alimentação, estou dando bloodworms juntamente com um pouco de ração granulada e em flocos da tetra em pequenas quantidades. Nos bloodworms eles avançam vorazes, nos granulos ou flocos comem em pouca quantidade, acredito que por serem selvagens, pois fiquei esperando cerca de 3 meses até a loja onde comprei conseguir esse belo peixe.

Contribuído por Rafael Albuquerque
Comentário

Tenho cinco casais. São muito pacíficos, resistentes e alegram qualquer aquário comunitário. Os machos que possuem uma coloração fumê, ficam mais lindos ainda, quando expostos à luz azulada. Aceitam bem todos os tipos de rações.

Contribuído por Carlos Lima

 Submeter um Comentário 

Tem alguma experiência para partilhar nesta página? Não precisa registrar-se para contribuir! Sua privacidade é respeitada: seu e-mail é publicado somente se quiser. Todas as submissões são revisadas antes da adição. Escreva sobre suas experiências pessoais, sem abreviações, sem linguagem de chat, usando pontuação e capitalização padrão. Pronto? Então envie seus comentários!

                                       

oF <=> oC in <=> cm G <=> L