Peixes Ornamentais em Aquário

Monodactylus argenteus
Mono

 A Era de Aquários > Peixes de Aquário > Mono - Monodactylus argenteus

Fotos & Comentários

mono1a.jpg (7kb)
Fotografia: E. T. Lee

Nome: Monodactylus argenteus
Origem: África até Ásia

Comp Aqua pH Temp
23 cm 200 L 7.5 25°C

Comentário

De coloração geral prateada com as nadadeiras cor laranja, tem duas faixas pretas verticais na parte frontal(uma delas passando sobre o olho) à frente da nadadeira dorsal. Alimentação: alimento vivo. Água: ligeiramente alcalina e salobra.

Contribuído por Cristiano Borges
Comentário

Na minha opinião, não é recomendado para principiantes, pois pula constantemente do aquário, e nem com peixes muito grandes pois comem sua barbatana anal. Presenciei uma cena em que ele pulou do aquário e meu cachorro o devorou.

Contribuído por Vera Dressano
Comentário

Este peixe deve ficar em um aquário com água tão salobra que já presenciei ele em aquários marinhos. Não recomendo para iniciantes já que requer uma água especial.

Contribuído por Thiago
Comentário

Comprei 2 desta espécie e gostei muito. São peixes inofensivos porém muito agitados, este foi um dos motivos que fez eu me desfazer deles porque estavam incomodando os meus Acarás Discos. Chegam a pular do aquário, tomam sustos por qualquer coisa. Comem rações em flocos e granulados com facilidade. Se você não tiver um problema como o meu, eu indico pois é um peixe que dá vida ao aquário. A curiosidade que eu gostaria de acrescentar sobre essa espécie é que ela vive também em água salgada, quando comprei o meu ele estava em um aquário marinho na loja, tive que ir colocando água doce gradativamente no saquinho até ele se adaptar e poder colocá-lo em meu aquário. Interessante não é?

Contribuído por Marcos Vieira
Comentário

É uma espécie por demais interessante, inclusive serve de verificador da qualidade da água, pois quando ele começa a perder o brilho é sinal que a água está com problemas. Como já foi dito, é um peixe que requer muitos cuidados, mas a sua beleza e curiosidades superam tudo. Inclusive tenho um exemplar Argenteus e um Sebae.

Contribuído por Marcos
Comentário

Primeiramente, o Mono é um peixe de cardume, cujo o pH deve ser bem alcalino (8,0 a 8,5) ou posto em água salobra ou salgada mesmo. Na natureza ele vive em regiões de mangues, por isso essa adaptação tanto na água salgada quanto na doce bem alcalina e óbviamente na salobra. Segundo, por serem peixes normalmente capturados na natureza e por serem de cardume, é necessário para se manterem em boas condições, um aquário ao menos de 200 litros e um mínimo de 2 exemplares. Eles se alimentam muito bem de spirulina ou artêmia, mas na verdade aceitam bem todos alimentos de boa qualidade. Terceiro, são peixes muito espertos, convivendo bem até mesmo em aqua de cíclideos africanos pouco agressivos (como a maioria do lago Tanganyika por exemplo). Por fim, cumpre dizer que o Mono é muito resistente, nadador e sociável desde que criado da maneira correta. Se estiver em um aqua grande de pelo menos uns 80 cm de frente vive por muitos anos. Eu tenho dois há mais de três anos em agua doce com pH 8.0. Tenho um amigo que comprou bem antes de mim e tem a três anos em um aqua marinho de corais.

Houve uma mensagem na qual se mencionou a colocação destes com Discos. Essa atitude é um tremendo absurdo e uma agressão ou a um ou ao outro. O Disco é um peixe de agua ácida (para se criar com Neon, rodostmus, cascudos, matogrossos, bandeiras, corydoras) e o Mono de água bem alcalina ou salobra ou salgada. Se parece com um acará bandeira mas não é da mesma água. Pelo contrário. Espero ter ajudado.

Contribuído por Cadu
Comentário

O mono (ou Monodactylus) realmente é um peixe complicado de manter, mas depois que ele se acostuma, é só manter o aquário bem que ele se firma de vez! Possui a particularidade, rara na maioria dos peixes, de poder viver em água salobra ou mesmo salgada. Ele é nativo de estuários do Zaire e Senegal, África e Sudeste da Ásia, Mar Vermelho e Austrália. Ele é pacífico com outros peixes, mas nem sempre os outros são com ele! Deve ser mantido num aqua de, no mínimo, 200 L, com temperatura de 24°C a 26°C, com pH de 7,0 a 7,2. Come ração em flocos e alimentos vivos, como tubifex. Na reprodução, o casal nada em rodeios, desovando alguns milhares de ovos que eclodem em 2 ou 3 dias. Realmente, não os recomendo para iniciantes, pois salta muito do aquário e é sensível.

Contribuído por Fábio W.

Tem alguma experiência para partilhar nesta página? Não precisa registrar-se para contribuir! Sua privacidade é respeitada: seu e-mail é publicado somente se quiser. Todas as submissões são revisadas antes da adição. Escreva sobre suas experiências pessoais, sem abreviações, sem linguagem de chat, usando pontuação e capitalização padrão. Pronto? Então envie seus comentários!




oF <=> oC in <=> cm G <=> L