Peixes Ornamentais em Aquário

Thorichthys meeki
Acará Boca-de-Fogo

 A Era de Aquários > Peixes de Aquário > Acará Boca-de-Fogo - Thorichthys meeki

Fotos & Comentários

Thorichthys_meeki_2.jpg (32kb)
Fotografia: Andrea Dalbeck
Comentário

Tive um casal num aquario comunitário, são animais realmente bonitos, dóceis e de uma enorme nobreza. Escolhi um casal, o macho tem as barbatanas ligeiramente pontiagudas em relação à fêmea. Duas semanas após a aquisição tornaram-se extremamente territoriais, defendendo e limpando vigorosamente o meio-vaso que eu tinha posto no aquário, o que na realidade se tornou muito util. Logo a seguir a nossa fêmea colou os ovos na parte superior do vaso, tenho pena mas não assisti à fertilização propriamente dita. Dias depois surgiram os alevinos, os quais eram defendidos de forma acérrima pelos progenitores. Mas esta história acabaria melhor se eu não tivesse dois escalares no meu tanque. Em resumo, a reprodução é facílima para quem tem a possibilidade de ter dois tanques, logo após a desova retirem os pais para o aquário comunitário e deixem os alevinos no tanque de reprodução.

Contribuído por Carlos Cavaco
Comentário

Possuo um casal de meeki e posso apenas dizer que é um peixe fabuloso para quem quiser manter ciclídeos. Apesar de robustos e de possuírem cores apelativas, é um peixe cuja agressividade me parece fácil de controlar, desde que se levem à risca certos príncipios. Um aquário de capacidade média/elevada é fundamental para a sua manutenção, assim como vários esconderijos e uma selecção de peixes que correspondam às suas exigências (mesmo tamanho, pH de água, grau de agressividade, etc). Aconselho, moderação no número de peixes a colocar junto de um meeki (dependendo isto da capacidade do aquário, óbviamente) uma vez que o seu sentido de territorialidade é elevado, e a sua timidez também. Para podermos disfrutar de toda a beleza este peixe, é imperativo que lhe forneçamos bastante espaço e uma boa filtragem, uma vez que é um peixe muito voraz. Se forem cumpridas estas condições, estaremos perante um peixe de grande personalidade e possuidor de um conjunto de cores notável.

Contribuído por Filipe Ferreira
Comentário

Comprei certa vez dois exemplares dessa espécie com cerca de 3 cm cada um. Chegaram apagados e tímidos e foi muito legal ver como eles cresceram rápido. Outra boa surpresa, foi que sem querer havia adquirido um casal, onde o macho ficou bem maior e, surpreendentemente, fizeram várias desovas seguidas no aquário comunitário. Só não foram bem sucedidas porque havia muitas outras espécies no aquário como acará-bandeira, tetras, mato-grosso, neon, coridoras, barbos e paulistinha. O macho se tornou especialmente agressivo, principalmente com a fêmea e tive que acabar me desfazendo deles - o que foi uma pena.

Contribuído por Paulo Affonso

Tem alguma experiência para partilhar nesta página? Não precisa registrar-se para contribuir! Sua privacidade é respeitada: seu e-mail é publicado somente se quiser. Todas as submissões são revisadas antes da adição. Escreva sobre suas experiências pessoais, sem abreviações, sem linguagem de chat, usando pontuação e capitalização padrão. Pronto? Então envie seus comentários!



 Páginas:  1  | 2 

oF <=> oC in <=> cm G <=> L