Peixes Ornamentais em Aquário

Botia lohachata/almorhae
Bótia YoYô, Bótia Pasquitanesa

 A Era de Aquários > Peixes de Aquário > Bótia YoYô - Botia lohachata/almorhae

Fotos & Comentários

Botia_lohachata_2.jpg (25kb)
Photo Credit: Eugene Kornienko
Comentário

Tenho uma YoYo de cerca de 10 cm, herdada de um amigo que se desfez de seu aquário (que era muito maior que o meu, e onde os peixes cresciam pra valer). É um peixe pouco afeito a ficar se exibindo na frente do tanque. Passa o dia a cavocar o substrato, tentando criar tocas onde possa ficar enfurnado o dia inteiro. Adora se esconder dentro dos troncos e pedras. À noite, sai pra procurar comida no fundo. É pacífico e adora nadar perto do fluxo de água do filtro.

Contribuído por Alexandre Mello
Comentário

É meus amigos, eu tenho no meu aqua duas botias palhaço e uma YoYô, sendo elas de mesma idade e tamanho. Tentei introduzir uma outra YoYô e o aqua virou um verdadeiro Ring de Luta. Putz! Tive que retirar. É uma pena.

Contribuído por Cleiton Miranda
Comentário

Tenho uma convivendo em harmonia com outra palhaço, várias coridoras, melanotaenias, neons e um bandeira em meu plantado de 170 L. Tentando adquirir outra, constatei que as que se encontravam na loja estavam mordiscando as nadadeiras de outros peixes, coisa que nunca havia visto nesta espécie, daí a importância de observar bem o animal antes de comprar.

Contribuído por Francisco Figueiredo
Comentário

Engraçado. Minha experiência é bem diferente das que os amigos aqui colocaram. Tenho um aquário de 600 L na loja e tomo cuidado para não superpovoar. Tenho 15 neons, 4 algae eaters e 8 Tetras-Fortuna. Mais 2 bótias yoyo, que coloquei para controlar uma praga de caramujinhos. Elas tem hábitos diurnos e vivem com os cardumes. Os caramujos desapareceram todos como por milagre. O mais interessante é que elas e os algae eaters se acostumaram a comer na minha mão! As bótias, inclusive, dão micro-micro-micro mordidas nos dedos. Dá para sentir uns dentinhos mínimos ou algo do tipo. Estão mansinhas demais e fazem a festa de todos que se aproximam do aquário, pois elas pensam que sou eu que cheguei para dar comida e se posicionam sempre no mesmo local. Não as observei fazendo tocas. Ficam quietas de noite. O único problema, se é que se pode chamar assim, é que eu tinha uma ampulária gigantesca, o Araújo, que era o rei do aquário e elas passavam o dia a beliscar o coitado, chegando a fazer buraquinhos na carapaça. O jeito foi dar o Araújo e a paz voltou a reinar!

Contribuído por Flavio Bonfá
Comentário

Minha experiência com a bótia yoyo não foi das melhores. Não sabia que comiam caramujos e criava uma ampulária dourada. Percebi que a ampulária não saia mais da casca, Foi quando li no site que comiam caramujos. Até devolvi a bótia ao vendedor, mas minha pobre ampulária não resistiu. Não crie bótia yoyo com caramujos, a não ser que queira perdê-los.

Contribuído por Pedro Henrique Pongeluppi
Comentário

Tenho uma bótia yoyô há 12 anos. Ela tem ~10 cm, está em um aquário comunitário de 150 L e convive em harmonia com alguns tetras (ulreyi, matogrosso, limão, Prionobrama) e melanotaenias. No entanto, não recomendo manter esta espécie com peixes muito pequenos (neons, rodóstomos), pois ela pode vir a atacá-los. A minha chegou a atacar meus rodóstomos e por isso tive que mudar os mesmos para um outro aquário. Da mesma forma que as outras espécies de bótias, é aconselhável manter pelo menos 3-4 indivíduos juntos. Caso isso não seja possível, mantenha somente 1 exemplar, pois quando mantida em dupla, o peixe dominante ficará perseguindo o mais fraco.

Contribuído por Leonardo Kenji

Tem alguma experiência para partilhar nesta página? Não precisa registrar-se para contribuir! Sua privacidade é respeitada: seu e-mail é publicado somente se quiser. Todas as submissões são revisadas antes da adição. Escreva sobre suas experiências pessoais, sem abreviações, sem linguagem de chat, usando pontuação e capitalização padrão. Pronto? Então envie seus comentários!



 Páginas:  1  | 2 

oF <=> oC in <=> cm G <=> L