Peixes Ornamentais em Aquário

Epalzeorhynchos frenatum
Labeo Frenatus

 A Era de Aquários > Peixes de Aquário > Labeo Frenatus - Epalzeorhynchos frenatum

Fotos & Comentários

frenatus2.jpg (25kb)
Fotografia: Patricia Esteves
Comentário

Comprei dois labeos recentemente para meu aquário de 420 litros plantado. Quando adaptados são de uma beleza ímpar no aquário. O Frenatus tem 7 cm e Bicolor tem 5 cm. Não brigam nunca. Estou querendo colocar um albino junto, já que tem espaço pra todos. Realmente gostam muito de esconderijo, mas nadam na frente do aquário o tempo todo.

Contribuído por João Luiz Moreira
Comentário

Possuo um Frenatus há pouco tempo e posso dizer que suas cores são magnificas! Todos os dias pela manhã, quando dou comida para para o Frenatus, junto com Bala Shark, Botias Palhaço, meu Acará Festivo e meu casal de Kribensis, ele é o primeiro a vir todo desajeitado comer. Sirvo para eles Tetra Flocos. Nos fins de semana, algumas minhocas picadas e alfaces bem lavados. Ele adora as minhocas, mas tem preferência por flocos. Mantenho o pH ligeiramente ácido entre 6,8 e 6,9. No geral, é um peixe muito resistente e ótimo para iniciantes, embora seja um pouquinho caro.

Contribuído por Felipe Astolphi
Comentário

Eu tenho um Frenatus mais ou menos há um ano, comprei 2 na altura, mas um deles cresceu mais e brigava com o outro. Eu dei o maior a um amigo e o mais pequeno, que não tinha quase cor nenhuma, parecia um albino...haha...voltou a ter uma coloração muito escura e viva. É um peixe muito activo, dando corridas a duas flying foxes que eu tenho no aquário. Para ter um peixe destes mais vale comprar um só, ou mais de dois, pois um acaba sempre ferindo o outro.

Contribuído por Afonso Duarte
Comentário

Antes de colocar meu labeo frenatus no aquário eu possuia um labeo albino que é o meu peixe mais antigo e resistente do aquário, esse peixe já passou por tudo e ainda está lá firme e forte, ele era praticamente o dono do aquário, não brigava com ninguém além do bala shark, e de noite ficava sempre debaixo das decorações para dormir. Depois de um tempo coloquei meu labeo frenatus um pouco maior no aquário e o albino foi logo estranhando. Após algumas horas ele ficou correndo atrás do albino. Os dias foram passando e o frenatus roubou o lugar aonde o albino dormia e não deixava ele comer nada. Isso durou por alguns meses, impossibilitando o crecimento do albino. Aparentemente o labeo frenatus agora se acostumou com o albino, dando um pouco de paz, porém ainda briga de vez em quando.

Contribuído por Rodrigo Ventura
Epalzeorhynchos_frenatum_4.jpg Comentário

Tenho um Labeo Frenatus há pouco tempo, mas já me apaixonei por ele, passo um tempo vendo seu comportamento e suas corridas atrás do meu Bala.

À noite sempre o encontro no mesmo lugar: atrás do oxigenador (antes ficava debaixo do navio, mas um cascudo expulsou-o de lá). Só posso dizer que é um peixe ótimo.

Contribuído por Arthur Lawall
Comentário

Já tinha criado um labeo bicolor, mas há pouco tempo comprei um frenatus. Ele parece ser bem mais calmo que o bicolor era, e suas cores são magníficas. Quando adaptado, o labeo fica com cores fortes e vivas, além de ficar mais ativo. Eu mantenho o pH em 6.6 com a temperatura em torno de 27°C. Sem dúvida é um peixe obrigatório em um aquário apropriado, seja ele de uma pessoa experiente ou não pois é muito resistente.

Contribuído por Samuel Freitas
Comentário

Labeo frenatus é um peixe excelente. Fácil de manter e bastante ativo no aquário, um peixe que com certeza trará satisfação ao seu proprietário. É magnífico observar o frenatus nadando entre fendas dos troncos ou mesmo em pequenas perseguições a outros peixes incautos que invadem “seu” território. Entretanto é preciso ter cuidado com a mistura destes peixes com Guppys, em meu aquário (provavelmente por minha culpa – superlotação) o frenatus matou 5 e destruiu a cauda de outros dois. No aquário de 75 L haviam 30 Guppys, 2 colisa azuis e 1 frenatus.

Contribuído por Gilberto Mendonça
Comentário

Fiquei surpreso ao saber que recomendam um pH alcalino para esse peixe, pois sempre me disseram que era um peixe de água ácida. Tentei manter um em meu comunitário de 300 litros junto com um casal de bandeiras, um cardume de neons e quatro coridoras, mas ele não deixava ninguém em paz: mesmo tendo apenas 7 cm dava corridas nos bandeiras (bem maiores) e nos tetras, além de expulsar as coridoras da caverna em que elas sempre viveram. Em uma semana, ele matou um de meus bandeiras e eu resolvi colocá-lo no aquário hospital até que eu providenciasse um aquário só para ele. Hoje está em um aquário de 200 litros e seus únicos companheiros são três limpa-vidros, que o frenatus parece nem saber que existem.

Contribuído por Matheus Ângelo

Tem alguma experiência para partilhar nesta página? Não precisa registrar-se para contribuir! Sua privacidade é respeitada: seu e-mail é publicado somente se quiser. Todas as submissões são revisadas antes da adição. Escreva sobre suas experiências pessoais, sem abreviações, sem linguagem de chat, usando pontuação e capitalização padrão. Pronto? Então envie seus comentários!



 Páginas:  1  | 2 

oF <=> oC in <=> cm G <=> L