Peixes Ornamentais em Aquário

Epalzeorhynchos frenatum
Labeo Frenatus

 A Era de Aquários > Peixes de Aquário > Labeo Frenatus - Epalzeorhynchos frenatum

Fotos & Comentários

Epalzeorhynchos_frenatum_1.jpg (27kb)
Fotografia: Andy Isoft

Nome: Epalzeorhynchos frenatum
Comp AquapHTemp
Origem: Tailândia (Rio Mekong)
12 cm 200 L 7.5 27°C

Comentário

O Epalzeorhynchos frenatum (previamente Labeo frenatus e às vezes erroneamente chamado de Epalzeorhynchus frenatus) é um peixe muito bonito e ativo, passando a maior parte do tempo beliscando tudo à procura de algas e pedacinhos de comida, que ele encontra usando dois pares de bigodes sensíveis ao lado da boca. Ele tem um corpo marrom com barriga clara, nadadeiras vermelhas, e uma pequena faixa escura que atravessa os olhos. As cores são todas bastante brilhantes e sólidas em espécimes saudáveis. Ele é um peixe bastante resistente e em geral fácil de manter. Mas é conhecido como sendo intolerante com outros membros da mesma família, por isso a maioria dos livros recomenda manter somente um exemplar em um aquário comunitário. Ele aceita prontamente qualquer tipo de comida, mas ela deve ser oferecida em pedaços pequenos pois a boca dele é não é muito grande.

Contribuído por Marcos Avila
Comentário

Tenho um Labeo Frenatus e as vezes fico vários minutos observando o seu comportamento. Ela gosta de ficar entrando entre as tocas e debaixo dos troncos, às vezes fica de ponta cabeça comendo algumas algas que se formam na parte superior das tocas ou na lateral do vidro. Certas vezes fica escondido entre as pedras e dá uns pegas nos Balas Sharks que passam em seu território. É um peixe magnífico e respeitado por todos no aquário. Ninguém brinca com ele!

Contribuído por Carlos Wenceslau
Comentário

Este peixe é cativante e muito engraçado! Ele sempre dá umas arrancadas atrás do meu Bicolor e dos Balas. Ele simplesmente não tolera que seu território seja invadido. Certo dia, ele foi encarrar o meu Papagaio e acabou saindo correndo. Quando coloco o dedo dentro da água ou se preciso fazer algo que preciso colocar o braço dentro, ele sempre chega perto e acaba dando umas mordidinhas. Vez ou outra, ele fica de cabeça para baixo, revirando algumas pedras a procura de restos de comida. É um peixe que você se diverte bastante!

Contribuído por Carlos Eduardo
Comentário

Tenho um Labeo Frenatus e o acho incrível. Ele tem uma personalidade única. Dependendo do dia está mais ativo, tem vezes que quase não aparece, fica só ciscando aqui e ali. Quando aparece, dá sempre uns "pegas" nos Platis do aquário, e fica nadando pra cima e pra baixo todo "bravinho" querendo confusão. Costumo alimenta-lo com ração em flocos (Tetra Phyll) bem esfarelada, pois tem uma boca bem pequena e não consegue comer os flocos grandes, ele também gosta de comer as algas que ficam sobre o vidro e nas plantas do aquário, porém não é o suficiente para a sua correta alimentação.

Contribuído por Claudio Marques
Comentário

A principio eu tinha um frenatus de 5 cm em um aquário de 400 litros, mas nunca conseguia ver ele, pois vivia dentro de uma pedra e mal conseguia ver seu rabo. Então comprei um enfeite em forma de tronco oco para substituir a pedra, e junto mais um frenatus de 7 cm. Ao colocar o enfeite, o primeiro logo se adaptou ao novo ornamento, mas quando coloquei o novo frenatus, sendo ele maior, logo expulsou o menor da toca. Fiquei com dó do pequeno e coloquei de volta a pedra, mas agora os dois ficam sempre escondidos, um dentro da pedra e o outro dentro do tronco principalmente quando alguém se aproxima do aquário. Aparentemente não brigam, pois estão sempre escondidos, eles são muito bonitos, mas infelizmente posso apenas apreciar os seus rabos quando aparecem.

Contribuído por um visitante
Comentário

Possuo um Frenatus há cerca de 2 anos e o considero um dos peixes de personalidade mais marcante que já tive. Fica me olhando com um olhar curioso quando estou próximo ao aquário e às vezes se sente dono do mesmo, pois corre atrás dos demais peixes até que todos se escondam. Porém, o que acho mais interessante é o hábito que ele desenvolveu de se recolher para dormir! Por volta das 21:00 horas ele desaparece. Podemos procurá-lo e encontraremos sempre no mesmo lugar, atrás de um tronco, encostado no fundo, repousando. Só sai daí no dia seguinte.

Contribuído por Marcel Alvarenga



 Páginas:  1  | 2 

oF <=> oC in <=> cm G <=> L