Peixes Ornamentais em Aquário

Epalzeorynchos kalopterus
Flying Fox, Raposa Voadora

 A Era de Aquários > Peixes de Aquário > Flying Fox - Epalzeorynchos kalopterus

Fotos & Comentários

fox2.jpg (27kb)
Fotografia: Marcos Avila

Nome: Epalzeorhynchos kalopterus
Comp AquapHTemp
Origem: Sudeste Asiático
14 cm 150 L 7.2 25°C

Comentário

Possuo dois exemplares desse peixe, e o engraçado é que ele é muito ativo, praticamente não pára de nadar no aquário e quando pára, gosta de ficar sempre sobre as folhas largas das plantas. É um peixe de fundo e bastante pacífico. Em relação à sua alimentação gosta de flocos, uma vez que sua boca pequena não lhe permite comer ração granulada do tipo Fast Color. Gosta muito de artêmia congelada e de enquitréias.

Contribuído por Igor
Comentário

O Flying Fox é um peixe bastante procurado pelos aquaristas com problemas de proliferação exarcebada de algas. Ele atua "raspando" as superfícies, principalmente de pedras grandes. Aqui em Goiânia, ele é comercializado em tamanho muito pequeno, cerca de 1,5 cm. Convive muito bem com outras espécies em um aqua comunitário.

Contribuído por Leoncio Vila Nova
Comentário

Tenho um exemplar deste peixe em meu aquário de 150 litros. Ele é o peixe mais ativo e camarada do aquário. Cada vez que introduzo um novo peixe ele é o primeiro a dar as boas vindas. Discordo da opinião acima somente quanto à alimentação, pois o meu Flying Fox come absolutamente qualquer coisa que eu coloco no aquário. Adora Tetra Color Bits e principalmente folhas de alface, que coloco para complementar a alimentação.

Contribuído por Danny Correa
Comentário

O Flying fox é um peixe territorial que não deve ser mantido com algae eater siamês, labeos e peixes parecidos. Pode implicar com peixes normalmente dominantes, como o chilodus e anostomus, iniciando verdadeiros combates. A confusão com algae eater siamês é comum, por isso vale a explicação. O flying fox tem uma linha dourada horizontal que corta todo o corpo logo em cima da listra negra. Observe também que a listra negra cobre os olhos e invade a nadadeira caudal na mesma proporção. Acima da linha dourada, o dorso é negro como a listra. Suas nadadeiras são pretas com manchas brancas, exceto pela caudal que é transparente na maior parte do tempo, assumindo um vermelho intenso de vez em quando. Passa o dia inteiro ativo, farejando o aquário, e come ração sem problemas. No meu aquário de 200 litros, possui esconderijos diversos, pois considera todo o aquário como seu território. Para descansar, pára no cascalho, em plantas ou troncos. Quando chego perto, é comum vir dar um “alô” e repousar em algum canto. Sua implicância com os tetras (seus companheiros de montagem) está diretamente relacionada à época de reprodução tanto dele (fica agressivo), quanto dos outros, explicando a perseguição particular a certo peixe, enquanto ignora os outros.

Contribuído por Carlos Eric

Tem alguma experiência para partilhar nesta página? Não precisa registrar-se para contribuir! Sua privacidade é respeitada: seu e-mail é publicado somente se quiser. Todas as submissões são revisadas antes da adição. Escreva sobre suas experiências pessoais, sem abreviações, sem linguagem de chat, usando pontuação e capitalização padrão. Pronto? Então envie seus comentários!




oF <=> oC in <=> cm G <=> L