Peixes Ornamentais em Aquário

Danio rerio
Paulistinha, Danio Zebra

 A Era de Aquários > Peixes de Aquário > Paulistinha - Danio rerio (Brachydanio rerio)

Fotos & Comentários

Danio_rerio_5.jpg (20kb)
Fotografia: Lynz
Comentário

São peixes excelentes para se ter devido à facilidade de lidar com eles. Um único cuidado que recomendaria para aqueles que utilizam o aquário bem cheio é manter sempre tapados e protegidos os orifícios de alimentação, pois são saltadores compulsivos. Perdi 3 deles até descobrir que eles pulavam por um pequeno espaço entre o filtro externo e a tampa do aquário. São os únicos peixes que apresentaram esse comportamento talvez por serem pequenos.

Contribuído por Sergio Ferreira
Comentário

Quando tiver em seu aquário neons e paulistinhas, é melhor ter primeiros os neons. No meu aquário tenho os dois. Só que os neons estavam primeiro no aquário, e quando coloquei os paulistinhas (2) junto com os neons (6), nada aconteceu, ao contrário do ocorrido com o aquário do Fábio.

Contribuído por Marco Mansano
Comentário

Tenho vários paulistinhas véu em alguns dos meus aquários. Eu os utilizo para fazer a ciclagem dos aquários novos. São pacíficos, muito resistentes e ativos. Tive que improvisar uma rede para impedir que entrassem no meu filtro externo, pois eles adoravam "escalar" a cascata do filtro. Um deles ficou com a mandíbula presa na lã do elemento de filtragem mecânica, mas felizmente consegui retirá-lo com saúde!

Contribuído por Emerson Kawasaki
Comentário

Paulistinhas são fascinantes! Eles melhoram o astral do aquário com o seu nado em cardume ou quando brincam de perseguir uns aos outros. Quando eu meto a mão no aquário para mexer em alguma coisa ou me aproximo muito dele, eles começam a nadar em cardume. Parece ser uma resposta defensiva à minha "invasão". Por outro lado, quando tudo parece estar bem e não há nenhuma "ameaça externa", eles tendem a ser mais territorialistas - sendo que os mais fortes demarcam suas regiões e afugentam qualquer intruso, principalmente outros paulistinhas! A reprodução destes peixes é extremamente fácil. Eu consegui sua reprodução uma vez, sendo que cerca de 100 cresceram. Hoje em dia cerca de 35 peixes desta cria vivem com outros paulistinhas adultos num aquário comunitário. Eles não se repoduzem quando outros peixes adultos se encontram no aquário porque paulistinhas adoram comer seus próprios ovos! Na sua fase larvar, eles ainda estão muito vulneráveis, já que eles se fixam nas pedras, filtro e vidro e podem ser facilmente pegos por peixes adultos. Eles só começam a nadar quando a gema do saco vitelino é totalmente consumida, 1 a 2 semanas após a desova.

Contribuído por Alexandre V. B. Netto
Comentário

São faceis de achar e de cuidar. Ficam a maior parte da vida na superfície do aquário e gostam de ração em flocos. São ótimos peixes para iniciantes e vivem brincando no aquário.

Contribuído por J. Luiz Alves
Comentário

Paulistinhas são excelentes peixes para iniciar a ciclagem do aquário. Tenho sete deles em meu aquário e mesmo no primeiro dia em que chegaram já estavam nadando de um lado para o outro sem timidez. São pacificos e comem de tudo! Os paulistinhas são meus peixes favoritos, pois são a alegria do aquário.

Contribuído por Eduardo



 Páginas:  1  | 2  | 3 

oF <=> oC in <=> cm G <=> L