Peixes Ornamentais em Aquário

Pseudotropheus crabro
Ciclídeo Abelha, Zangão

 A Era de Aquários > Peixes de Aquário > Ciclídeo Abelha - Pseudotropheus crabro

Fotos & Comentários

crabro1.jpg (20kb)
Photo Credit: Michel Lalonde

Nome: Pseudotropheus crabro
Comp AquapHTemp
Origem: Lago Malawi (Africa)
15 cm 150 L 8.2 28°C

Comentário

Esse ciclídeo cresce até mais de 10 cm. Tive um casal deles, cujos exemplares chegaram a 15 cm. O macho, com o passar da maturação, vai ficando marrom-escuro, quase não se podendo mais notar o amarelo do seu corpo, enquanto que as extremidades das barbatanas vão ficando azul-neon. A fêmea permanece com seu amarelo vivo. O macho apresenta em sua nadadeira anal 2 ou 3 grandes círculos brancos, imitando ovos. Já a fêmea pode apresentar pequenas pintas brancas, em maior número. Em meu aquário, mantive um casal desses ciclídeos, e pude observar que não são tão agressivos e territorialistas quanto os outros Pseudotropheus, mas comem muito, abocanhando grãos de ração do tamanho de um pequeno feijão. Esse casal viveu no aqua por quase 2 anos. Eram ótimos peixes ornamentais, mas nunca reproduziram, apesar de saber se tratar de um casal.

Contribuído por Pablo Ricardo
Comentário

Tenho uma casal dessa espécie. São lindos e, como todo ciclídeo, muito territorialistas. A fêmea tem a coloraçao igual à de uma abelha, amarelada e riscada com preto. O macho, na fase de procriaçao e de dominio territorial, fica todo negro. São lindos e vivem muito bem com os meus socolofis, zebras laranjas, moori e auroras. Vale a pena ter esse animal.

Contribuído por Bruno Buran
Comentário

Mantenho atualmente um exemplar de Pseudotropheus crabro. Tive outro que ficou enorme em pouco tempo mas morreu misteriosamente...penso ter sido devido a ingestão voraz de grânulos de color bits que ainda não estavam bem inflados. Como já concluí, são extremamente gulosos e crescem rápido. Infelizmente em meu aquário sempre assumem uma coloração predominantemente marrom-escuro, quase desaparecendo os tons amarelos. Creio que isso se deve a um mecanismo de proteção pelo fato do peixe não ser dominante no aquário e eventualmente ser perseguido por outras espécies.

Contribuído por Alex Schutz
Comentário

Tenho um casal destes peixes. Recentemente a fêmea apareceu com ovos na boca e o macho, não estando contente, atacou a fêmea até quase a morte. Eu a retirei há pouco do aqua para o de quarentena, mas duvido que sobreviva. Penso que deveria ter bastante fêmeas ou até já pensei se deveria ter retirado a fêmea mal a tivesse visto a incubar os ovos.

Contribuído por João Pedro

Tem alguma experiência para partilhar nesta página? Não precisa registrar-se para contribuir! Sua privacidade é respeitada: seu e-mail é publicado somente se quiser. Todas as submissões são revisadas antes da adição. Escreva sobre suas experiências pessoais, sem abreviações, sem linguagem de chat, usando pontuação e capitalização padrão. Pronto? Então envie seus comentários!




oF <=> oC in <=> cm G <=> L