Peixes Ornamentais em Aquário

Amatitlania nigrofasciata
Nigro, Acará Zebra

 A Era de Aquários > Peixes de Aquário > Nigro - Archocentrus nigrofasciatus

Fotos & Comentários

Archocentrus_nigrofasciatus_7.jpg (13kb)
Fotografia: Chantal Kornin
Comentário

Eu comprei um casal desses peixes há uns três meses, eles são pseudo-albinos ("Pink") e tinham 5 cm cada. O dono da loja em que eu comprei eles me disse que eram os ciclídeos mais dóceis que existem. Depois de colocar eles em um aquário de 72 L, na companhia de alguns tetras, um beijador de 12 cm e um Glossolepis Incisus macho, eu pude perceber a sua "docilidade". Nos primeiros dias o beijador batia muito neles, mas quando eles se acostumaram e escolheram o seu cantinho para a desova...o beijador perdeu as barbatanas e quase perdeu a boca. Eles dividiram o aquário no meio, metade para eles e metade para os outros. Eu comprei um aquário de 90 L e transferi todos os peixes para ele. Não deu outra, os ciclídeos atacaram todo mundo e mataram um dianema que eu tinha comprado recentemente. Então eu decidi, vendi os outros peixinhos e fiquei com o meu lindo casal de nigrofasciatus. Estou cuidando de seus filhotes no antigo aquário de 72 L. Eles são os meus primeiros ciclídeos. Eu me apaixonei logo, fiz um aquário especialmente para eles com vasinhos de cerâmica e um monte de cascalho para o macho fazer suas crateras no aquário. Eles não têm medo de peixes maiores que eles e nem das mãos do dono. São muito mansos e comem na minha mão (ou A minha mão). Não pretendo me livrar nunca deles e acho que vou fazer até um enterro no dia em que eles morrerem.

Contribuído por Chantal Kornin
Comentário

Possuo um exemplar desse belíssimo ciclídeo americano e nunca tive problema em relação a agressividade. No fator pH é melhor ainda. Adaptou-se sem nenhum problema ao ambiente preparado exclusivamente para africanos. Come todo tipo de ração e limpa o fundo do aquário como um verdadeiro limpa-fundo. É muito alegre e seu custo/benefício é muito bom.

Contribuído por Emilio Glauber
Comentário

Possuo 2 casais de nigrofasciatus num aquário de 100 L, vivem com um peixe gato e uma bótia modesta, recentemente criaram e arrumaram uma coridora para canto. Tirando este percalço são peixes excelentes e calmos. Acho que o único segredo para os manter em paz e saudáveis, é dar-lhes muitos esconderijos e aí não há o mínimo problema, mas comvém alimentá-los muito bem.

Contribuído por pedro miguel rocha
Comentário

Possuo dois casais há 4 anos e estão com aproximadamente 10 cm. São muito agressivos e territorialistas, principalmente quando estão desovando, chegando a atacar os meus citrinelus de 15 cm e meu casal de jack de 20 cm. Para mim é o peixe que melhor defende suas crias, atacando até a mão do dono. Para quem não sabe, a fêmea possui a barriga laranja.

Contribuído por Marcos Antonio
Comentário

Tenho um aquário de 250l, muito bem montado e bonito, onde crio nigros e acarás do Congo (nigro branco). Sinceramente são os peixes mais legais de criar em aquários, pois vivem de maneira extremamente natural dentro de um aquário, construindo tocas, reproduzindo, carregando os filhotes na boca. E por incrível que pareça, ao menos aqui em Porto Alegre é bastante difícil encontrar esta espécie. Recomendo a todos criá-los.

Contribuído por Gabriel Caraver
Comentário

Comprei há pouco tempo um casal de Nigros já adultos para reprodução, sem mesmo conhecer. Segundo o lojista, era o ciclídeo americano mais pacífico que existia. Que nada! Coloquei os 2 primeiro, e no outro dia introduzi uma fêmea de Marble e 2 filhotes de Green Terror. Três dias depois percebi apenas o esqueleto do pequeno green e eles ainda o devorando. O outro Green sobreviveu devido à sua astúcia por cavar e correr. Cuidado, esses peixes quando em maior quantidade e tamanho podem ser muito agressivos e com certeza são perfeitos defensores de suas proles.

Contribuído por Felipe Emmel
Comentário

Há 3 anos atrás deram-me um peixe dizendo que vinha dum poço...como não conhecia o peixe nem percebia muito deles, coloquei-o num aquário onde o tratei como se fosse de aguá fria, inclusivé alimentando-o como tal. Cerca de 1 mês atrás comecei a interessar-me por peixes e aprendi muito sobre eles até que descobri a sua verdadeira espécie... nem quis acreditar! O que ela já passou! Neste momento sei que tenho uma fêmea acará zebra, linda, grande (sim, porque apesar de tudo cresceu até 8 cm) e à qual adorava juntar um macho, mas depois de ler tanto sobre estes peixes tenho algum receio que um deles saia bem magoado. É claro que não queria que fosse a minha peixinha. Só para finalizar: este peixe é um excelente sobrevivente, lindo, atento, comunicador e agressivo, à sua maneira! Apaixonei-me!

Contribuído por Jorge Gonçalves

Estas páginas contêm comentários suficientes para dar uma idéia básica no assunto. Comentários adicionais são muito bem vindos (pelo formulário de contato do site) desde que acrescentem algo novo e/ou avançado ainda não contido nos existentes.



 Páginas:  1  | 2  | 3 

oF <=> oC in <=> cm G <=> L