Peixes Ornamentais em Aquário

Moenkhausia sanctaefilomenae
Tetra Olho-de-Fogo, Tetra Santa Filomena

 A Era de Aquários > Peixes de Aquário > Tetra Olho-de-Fogo - Moenkhausia sanctaefilomenae

Fotos & Comentários

Moenkhausia_sanctaefilomenae_3.jpg (16kb)
Photo Credit: Paulo Gordinho

Nome: Moenkhausia sanctaefilomenae
Comp AquapHTemp
Origem: Bacias do Paraguay e Parnaíba
7 cm 75 L 6.8 25°C

Comentário

Espécie pacífica e ativa, recomendada para aquários comunitários. Deve ser mantido em aquas espaçosos e plantados, em cardumes de pelo menos cinco indivíduos. Onívoro, alimenta-se de vermes, insetos, crustáceos, tubifex e matéria vegetal. Come avidamente todos os tipos de rações (flocos, pellets, grãos, etc). A Moenkhausia é pouco exigente em relação às condições da água, tolerando ampla faixa de pH e GH. Não aprecia iluminação forte, devendo haver áreas sombreadas no aqua, se possível com vegetação flutuante. Em ambiente natural, são encontradas preferencialmente sob a vegetação das margens dos rios, próximo à superfície. Em aquas com iluminação reduzida, ou decoração/cascalho em tons mais escuros, a coloração vermelha da íris se sobressai.

Contribuído por Daniel Machado
Comentário

Peixe pacífico, que dá um belo efeito quando em cardume. Bom peixe para aquários comunitários porque não cresce muito e é muito activo, mas gosta de muitas plantas em seu ambiente. Fácil de alimentar, prefere, contudo, alimentos frescos e preferencialmente larvas e outros vermes. Mantenho cerca de 10 a 27°C de temperatura e pH neutro. Nadam por todo o aquário e quando bem tratados ficam com uma cor prateada brilhante, com os olhos vermelho vivo.

Contribuído por Rui Marques
Comentário

Não conhecia este peixe quando encontrei um exemplar na loja. Talvez por não ter seguido os conselhos do Daniel (mantê-los em cardume e com iluminação reduzida), ele ficou muito bravo, atacando diversos peixes. Chegou a matar um tricogaster e despedaçou as nadadeiras de uma melanotaenia que tinha o dobro do seu tamanho! Ele está agora separado em um aquário menor. Mais pra frente, tentarei adquirir mais peixes para formar um cardume e colocar mais plantas para aumentar as sombras.

Contribuído por Rafael Akama
Comentário

Vi um monte destes peixes, muitos anos atrás, dentro do puçá de um pescador, no interior de São Paulo. O cara estava pescando lambaris e pegando um monte desses tetras junto. Como era em um córrego estreiro eu, com uma peneira, consegui capturar alguns, que mantive em uma aquário comunitário por um tempo, mas depois passei para uma caixa d'água, por estar com dó de eles terem sidos tirados da natureza. O que aconteceu com eles? Bem, eles adoram larvas de mosquito, e quando subiam à superfície para comer as larvas, dois bem-te-vis, que me azucrinaram durante muito tempo, os comiam. Nunca vi desses peixes em lojas.

Contribuído por Alessandro Thomé

Tem alguma experiência para partilhar nesta página? Não precisa registrar-se para contribuir! Sua privacidade é respeitada: seu e-mail é publicado somente se quiser. Todas as submissões são revisadas antes da adição. Escreva sobre suas experiências pessoais, sem abreviações, sem linguagem de chat, usando pontuação e capitalização padrão. Pronto? Então envie seus comentários!




oF <=> oC in <=> cm G <=> L