Peixes Ornamentais em Aquário

Fossorochromis rostratus
Rostratus

 A Era de Aquários > Peixes de Aquário > Rostratus - Fossorochromis rostratus

Fotos & Comentários

Fossorochromis_rostratus_1.jpg (29kb)
Fotografia: Ubiratã Braga

Nome: Fossorochromis rostratus
Comp AquapHTemp
Origem: Lago Malawi (África)
25 cm 400 L 8.0 27°C

Comentário

Origem: Espécie que pode ser encontrada por todo Lago Malawi - África, prefere as áreas abertas e arenosas do Lago.

Reprodução: São incubadores bucais e polígamos - vivem em grupos hierarquicamente estruturados. Na natureza constroem ninhos gigantes em forma de crateras, onde ocorre a desova e fertilização dos ovos. Sua maturidade sexual acontece por volta dos dois anos de idade - os machos desenvolvem seu colorido ao longo deste período. As fêmeas, como na maioria dos Haps, permanece com o padrão juvenil na fase adulta, isto é, corpo prateado com pintas pretas distribuídas de forma longitudinal ao logo do corpo.

Aquário: Requerem aquários com no mínimo 500 litros, por volta dos 700 litros são ideais, pois a espécie, quando adulta, pode atingir algo em torno 22/25 cm para fêmeas e 28/35 cm para os machos. É recomendável usar substrato fino, devido a seus hábitos de abocanhar punhados de areia à procura de alimentos. Em situações de perigo, tem por hábito enterrar-se sob o substrato. Desta forma, não recomendável seria fazer uso de substratos que possam lhe causar possíveis ferimentos. Na natureza, este hábito de revirar, abocanhar, filtrar e cuspir o sedimento fornece-lhe alimentos como pequenos crustáceos, moluscos e demais pequenos organismos aquáticos que lhe servem de dieta básica.

São excelentes companheiros para a espécie Crytocara moorii, que fica á espreita procurando comida em meio ao substrato que vai sendo "revirado". Aceitam toda gama de alimentos industrializados. Uma dieta rica em proteína animal é recomendada para o seu pleno desenvolvimento. Costumam nadar juntos e todo o tempo no aquário. Quando não o fazem é porque estão no substrato revirando a areia. Em relação ao comportamento em cativeiro, segundo minha experiência, são bastante parecidos com a espécie Copadichromis borleyi, isto é, bastante agitados, porém nada agressivos com outras espécies.

Acredito que a criação e manutenção desta espécie não seja mais difundida devido a dois fatores: 1) Como quase a maioria dos Hap's, são desprovidos de coloração na fase inicial de suas vidas, fazendo que sejam pouco apreciados; 2) Devido às dimensões que alcançam e à necessidade de aquários de tamanhos bastante avantajados. Dito isso, gostaria de salientar, segundo minhas observações, que tal falta de coloração é compensada pelos hábitos pitorescos que a espécie possui, principalmente se colocados em aquas com a espécie Crytocara moorii, caso em que é possivel observar o quão harmoniosa é a relação destas duas espécies.

Outro fator que me faz um grande fã desta espécie é seu temperamento amistoso, dificilmente encontardo em ciclídeos do Malawi deste porte. Mais uma vez comparo seu comportamento com a espécie Copadichromis borleyi que também mantenho no mesmo aquário. Meus exemplares tem cerca de 8 meses e até hoje nunca observei nenhum tipo de conflito com os demais espécies que coabitam o aqua.

Embora não tenham atingido a fase adulta, é muito interessante observar as modificações em relação a sua morfologia. Nos dois exemplares que mantenho, é possivel notar certas características antes não existentes ao longo de seus desenvolvimentos. Um dos exemplares tem apresentado uma protuberância na altura da fronte, uma espécie de calo. Ao longo do tempo foi também possivel notar modificações em relação às suas colorações: apresentam sinais visíveis de reflexos azulados e amarelos. As pintas próximas à cabeça têm se tornado menos evidentes em um dos exemplares. Comparando-se com o outro, é possivel perceber o desaparecimento de algumas.

Contribuído por Ubiratã Braga

 Submeter um Comentário 

Tem alguma experiência para partilhar nesta página? Não precisa registrar-se para contribuir! Sua privacidade é respeitada: seu e-mail é publicado somente se quiser. Todas as submissões são revisadas antes da adição. Escreva sobre suas experiências pessoais, sem abreviações, sem linguagem de chat, usando pontuação e capitalização padrão. Pronto? Então envie seus comentários!




oF <=> oC in <=> cm G <=> L