Peixes Ornamentais em Aquário

Abramites hypselonotus
Abramites

 A Era de Aquários > Peixes de Aquário > Abramites - Abramites hypselonotus

Fotos & Comentários

Abramites_hypselonotus_1.jpg (22kb)
Fotografia: Luís Mühlen

Nome: Abramites hypselonotus
Comp AquapHTemp
Origem: América do Sul
14 cm 100 L 6.8 25°C

Comentário

O Abramites é um peixe muito bonito e interessante. Com seu hábito de nadar a 45º olhando para baixo, chegando às vezes a nadar na vertical, torna-se também um peixe muito diferente. Gosta de muito espaço para nadar e de alguma correnteza. É extremamente resistente, já passou por todas as minhas barbaridades aquarísticas, desde aquários pequenos, mudanças de pH e temperatura, até picos extremos de amônia. Apesar de algumas fontes dizerem que deve ser mantido em cardumes, outras dizem que são agressivos com membros da mesma espécie. Mantenho um espécime de 10cm em um aquário comunitário, junto com peixes menores e Acarás-Disco selvagens. Ele nunca interage de forma alguma com qualquer outro peixe, ignorando completamente sua existência, com excessão dos discos. Talvez por ter padrão de cor parecido com eles (cor amarronzada e listras, além do tamanho compatível), ele frequentemente desafia o líder do cardume, num ritual interessante em que ambos nadam na mesma direção, um empurrando o outro. O abramites nessa ocasião abre bem a boca e as barbatanas, mas nunca ataca diretamente seu adversário. É onívoro e come bastante. Adora e devora em instantes rações em flocos, TetraBits, BottonFish, comida viva, legumes, como pepinos e folhagens, como alfaces. Infelizmente, tem o hábito de comer plantas do aquário, mas de forma muito seletiva. Devora rapidamente valisnérias e algumas Echinodorus, principalmente as de folhas compridas e estreitas. Gosta também de folhas jovens de Anúbias. Outras plantas são completamente ignoradas ou são comidas muito esporadicamente. Por fim, é um peixe muito inteligente, parece entender minhas intenções para com ele, se escondendo quando trago uma redinha e aparecendo quando trago comida. Muda de temperamento muito facilmente, podendo ficar tímido durante horas parado num canto do aquário, como pode passar horas nadando e dando voltas por todo canto.

Contribuído por Luís Mühlen
Comentário

Continuando minha experiência com os abramites, hoje mantenho sete indivíduos num aquário de 466 L, já há mais de um ano e meio. Eles são os peixes centrais da montagem, de forma que tudo foi planejado para mantê-los bem. Diferente do que já lí em alguns lugares, os meus se dão muito bem em cardume. Brigam pouquíssimo, raramente passa de um chega pra lá. Frequentemente são vistos nadando em cardume. Quando jovens, são impiedosos com as plantas, mas à medida que crescem tornam-se mais seletos. Mesmo assim, decididamente não são peixes para um aquário plantado. No meu aquário acabaram sobrando praticamente só Microsorum e algumas Cryptocorynes. Adoram troncos. A convivência com os outros peixes é perfeita. Uma combinação que me agrada é mantê-los com cascudos, já que ambos aproveitam os legumes oferecidos.

De forma alguma um adulto pode ser mantido em um aquário com menos de 100 L, eu não manteria em um aquário com menos de 200 L. São extremamente resistentes, o indivíduo da foto (o mesmo do comentário anterior) está firme e forte, assim como os novatos. Não é tão fácil de encontrar à venda, costumam aparecer no mercado no fim do ano.

Contribuído por Luís Mühlen
Comentário

Diferente da experiência do comentário acima, o exemplar que tive incomodou todos os outros exemplares maiores que ele. Até perdi um dos polypterus, porque deu uma infecção em uma das mordiscadas que tomou. Resolvi devolver ele a loja.

Contribuído por BrunoZ
Comentário

Eu tenho uma Abramites hypselonotus, ela parece ser jovem, deve estar com 10 cm. No começo ela beliscava um pouco os outros peixes, mas meus peixes rapidamente notaram que não era muito bom deixar que ela se aproximasse muito e sabem sair dela. Crio ela com peixes grandes como Acará Severo, Acará Bandeira, e barbus schwanenfeldi. Mas ela é o xodó do aquário, até segue o dedo da gente no vidro.^^

Contribuído por Roberta Mochi de Miranda

 Submeter um Comentário 

Tem alguma experiência para partilhar nesta página? Não precisa registrar-se para contribuir! Sua privacidade é respeitada: seu e-mail é publicado somente se quiser. Todas as submissões são revisadas antes da adição. Escreva sobre suas experiências pessoais, sem abreviações, sem linguagem de chat, usando pontuação e capitalização padrão. Pronto? Então envie seus comentários!

                                       

oF <=> oC in <=> cm G <=> L