Peixes Ornamentais em Aquário

Fotografando Peixes e Aquários
Como eu obtive as minhas imagens deste site

 A Era de Aquários > Artigos de Aquarismo

Texto

O meu interesse em fotografia só começou recentemente (1997), e foi basicamente estimulado pelo meu desejo de fotografar os meus aquários e peixes. Vários livros de aquarismo e artigos na rede descrevem excelentes procedimentos para tirar fotos de peixes, mas eles acabam sendo trabalhosos demais para um fotógrafo casual como eu. Aqui está a maneira como eu faço (eu tenho uma câmera Canon EOX RebelX com uma lente de 35-80 mm, mais um flash Tron e um tripé):

Fotografando Tanques
Quando vou fotografar o aquário inteiro, eu não uso o flash ou qualquer iluminação "externa", porque eles geralmente refletem no vidro. Eu faço à noite, com a sala inteira no escuro e somente as luzes do aquário acesas. Isto implica em uma foto de baixa luminosidade, e portanto os seguintes detalhes são muito importantes:

  • Use filme ISO 400, adequado para baixa luminosidade.
  • Coloque a câmera em um tripé, ou em cima de uma superfície firme que a faça apontar diretamente para o centro do tanque (tanto horizontal como verticalmente). Ajuste o zoom ou a distância tal que o aquário preencha o máximo possível do visor.
  • A foto geralmente vai exigir um tempo de exposição longo, portanto você tem que ser paciente e esperar por um momento em que os peixes estejam mais ou menos parados. Se eles se moverem muito depressa, vão aparecer como um borrão na foto.

Fotografando Peixes
Agora as coisas ficam um pouco mais difíceis. Fotógrafos profissionais têm montagens muito convenientes, como um aquarinho estreito só para segurar o peixe, colocado na diante de um fundo bonito (real ou fotografia). Um fotógrafo casual como eu não quer ter todo o trabalho de tirar o peixe do aquário só pra fazer a foto, então tem que ser feito in loco. Para isso você vai precisar de um flash, uma mão firme e bastante paciência:

  • Um filme ISO 100 seria melhor, mas se você ainda está com o ISO 400 das fotos do tanque, ele serve bem. Ajuste a câmera para a exposição mais curta possível, já que o flash vai dar toda a luminosidade necessária, e como será uma foto de perto qualquer movimento do peixe pode causar um borrão em exposições mais longas.
  • Arranje uma banqueta e sente na frente do tanque, com a sua câmera em mãos. Sua cabeça deve estar nivelada com a superfície da água. Escolha um peixe e comece a seguí-lo pelo visor. Se a sua câmera tem auto-foco ajuda muito, porque você pode ir ajustando enquanto espera pelo momento correto.
  • As fotos devem ser feitas com a câmera formando um ângulo com o vidro, se você bater na perpendicular o flash reflete de volta para o filme.
  • As melhores fotos geralmente surgem quando o peixe está na parte frontal superior do tanque, mas ainda baixo o suficiente para para que você possa estar com a câmera apontando para baixo. Isso faz com que as luzes do aquário reflitam bem no peixe e venham na sua direção. Você pode definir o ângulo ideal previamente (sem segurar a câmera), observando os peixes da sua posição e vendo exatamente quando eles ficam mais brilhantes e coloridos. Depois pegue a câmera e tente esperar até que o peixe esteja novamente nessa posição para bater a foto.

Digitalizando as Fotos
Mesmo quando as fotos saem ótimas, o processo de digitalização pode não manter a qualidade se você não o fizer direito. Existem vários exemplos por aí na rede de imagens muito ruins. Mas se você tiver cuidado com a edição da imagem, ela pode ficar tão boa ou até melhor que a original, já que pequenos problemas na foto podem ser corrigidos. Por outro lado, se a foto não saiu boa, as chances são que nada que você faça na imagem vai realmente fazê-la ficar do jeito que você queria. Eis algumas dicas:

  • "Scaneie" as fotos na melhor resolução que você tiver disponível, com o maior número possível de cores e em um formato não comprimido (BMP ou TIFF). Eu uso um Desk Scanner HP, em 300 DPI e 16.7 milhões de cores. Não se preocupe com o tamanho inicial do arquivo, ele vai ser reduzido por um fator 100 no formato JPG final. Eu salvo inicalmente em BMP, e o tamanho típico inicial é de uns 3 Mb.
  • Carregue o arquivo em um software de processamento de imagem para fazer os ajustes necesários. Eu uso Aldus PhotoStyler e Paint Shop Pro (este último é shareware e disponível na rede).
  • Selecione a parte da imagem que você quer salvar. Se for um tanque, você só quer a moldura exata do vidro, mostrando o interior. Se for um peixe, selecione uma moldura em volta dele tal que ele fique centralizado. Às vezes é possível criar imagens individuais de peixes a partir de uma foto contendo vários deles juntos. Copie a parte selecionada para uma nova janela e em seguida redimensione-a para o tamanho final que você quer. Para melhores resultados em homepages, as imagens devem ter entre 300 e 600 pixels de largura.
  • Uma coisa que eu reparei é que o processo de digitalização tende a reduzir o brilho e o contraste em relação à foto original, então a próxima coisa a fazer é corrigir isso. Para obter os melhores resultados eu geralmente aumento o brilho entre 10 e 30%, e o contraste entre 0 e 10%. O PhotoStyler também permite fazer pequenas correções de foco. Não tenha medo de experimentar com os recursos do software...você pode sempre desfazer o que mudou!
  • Quando estiver satisfeito com o resultado, abra a janela para salvar o arquivo. Escolha o formato JPG, ele é o mais apropriado para imagens de fotos. Agora procure por um botão de "Opções" ou similar. Ele vai permitir escolher o nível de compressão do JPG. Baixa compressão (~20) resulta em alta fidelidade mas arquivos muito grandes, enquanto alta compressão (60 ou mais) geram arquivos pequenos mas de baixa qualidade. Um bom compromisso é em torno de 40, o valor que eu normalmente uso.

É isso aí. Agora tudo que você tem a fazer é carregar as imagens no seu site e contar pra todo mundo!

Comentários de Leitores

 Submeter um Comentário 

Tem alguma experiência para partilhar nesta página? Não precisa registrar-se para contribuir! Sua privacidade é respeitada: seu e-mail é publicado somente se quiser. Todas as submissões são revisadas antes da adição. Escreva sobre suas experiências pessoais, sem abreviações, sem linguagem de chat, usando pontuação e capitalização padrão. Pronto? Então envie seus comentários!




oF <=> oC in <=> cm G <=> L